Colleen Hoover é uma dessa escritoras de YA* que ficou bem conhecidinha. E eu não levei à sério, claro, pois: eu sendo eu. Demorei 87 anos para finalmente ler algo dela e pensar: OPA, realmente isso é bom.

Já tinham me indicado horrores esse livro especificamente. Então desejei tanto ele que ganhei da Cynthia no natal passado. E eu-sendo-eu vim ler agora, meses depois. rs Guardo livros especiais para momentos especiais. Quem nunca?

"O Lado Feio do Amor" (Ugly Love) traz uma temática interessante. Ou várias. Porque óbvio que nesses livros você sempre encontra algo fora de contexto pra te atormentar a mente. 
Enfim, a história parece simples: Tate e Miles fazem um acordo de apenas sexo. Ele exige duas regras: "não pergunte sobre o meu passado" e "nunca espere um futuro". Fácil, né? Mas sabemos que essas coisas de sentimentos não se controla tão simples assim. E o título do livro remete ao fato de que todo mundo idealiza o amor, que acha que é algo maravilhoso e que não há nada de ruim nisso. Miles vai mostrar que não, vai te fazer imaginar como é sofrer todos os dias e se tornar "amargo" por causa de um sentimento que dizem ser o melhor do mundo. Sem falar na nossa curiosidade de todo dia pra saber o que aconteceu com esse bonito pra ele ser assim.

Aliás, Miles é encantador, maravilhoso, a estrelinha do livro. Como todo personagem bom você: odeia, ama, tem pena, odeio, xinga, ama, quer criar, odeia, ama.
Mas isso não é tudo pois... FICA, VAI TER FILME!!!
Claro que vai! 

Eu mal posso esperar. <3 Todas amam Miles? Leiam e se juntem a mim, por favor.

Ah! Uma curiosidade... Colleen Hoover gosta mexxxxxmo de música. Ela trabalhou com Griffin Peterson e ambos criaram uma música pra esse livro. 

E se você gostou não imagina do que eles foram capazes de fazer em "Talvez Um Dia" que vai ser resenha pra próxima. Meu Deus, mal posso esperaaaar!

Beigox, ramigos.
Te amo, Miles.


*young adult



Já te demos Dicas para ter um Instagram Bonitinho, te ensinamos como Definir Hastags, e ate como usar o VSCO CAM, agora vim aqui dar de mão beijada pra voces, uns edits do vsco pra ninguém dizer mais que suas fotos são feias ou que estão mal editadas. 
Tem para todos os estilos de fotos, é so baixar o aplicativo aqui (para iOS) ou aqui (para androide), fazer umas fotos bem legais, escolher um edit e partir pros likes. Vou deixar eles aqui em baixo, é  seguir os passos direitinho que da tudo certo. 



















É muito edit pra pouca foto gente, não vao exagerar tambem, vão com calma. Não abusem dos filtros. 
E façam bom proveito de tudo. 
Beijos do tio Potter, até mais! 
:*



Ramigos, me julguem, amo/sou filmes e livros.
"Simplesmente Acontece" (Love, Rosie) é um livro da Cecilia Ahern que fez tanto sucesso que se tornou filme. Okay, não é o primeiro livro desta querida que vira filme porque todos nós nesse mundinho assistimos "PS: EU TE AMO". (Obrigada, Gerard Butler por ser assim tão... lindo, digo, ESPECIAL)

A coisa começou quando me falaram que esse filme era maravilhoso e fui obrigada a assistir. TEM NO NETFLIX! Achei injusto logo nas primeiras cenas porque... Como não amar Sam Clafin?

Então, basicamente a história é de mexer com a cabeça de qualquer um. Eu acho essa temática bem polêmica na minha vida. Me deixa mentalmente perturbada.
Rosie e Alex são melhores amigos desde os 5 anos, eles crescem juntos, dividem uma vida juntos e fazem planos de fazer faculdade juntos, mas já dizia Joseph Climber: a vida é uma caixinha de surpresas.
Por motivos de força maior Rosie não pode acompanhar Alex no sonho de ser tornar médico em Boston e ele acaba seguindo essa etapa sozinho. 
Ainda assim, com o passar dos anos eles continuam mantendo contato por emails, cartas e visitas ocasionais. A vida ganha muitas dimensões diferentes. Duas almas gêmeas separadas por mil acontecimentos, medos, filhos, casamentos e diferenças.
No mais, vocês tem que assistir pra ver o quanto é lindo e a moral por trás de tudo.

Já o livro... 

Claro, óbvio, mil vezes melhor. Na verdade, a escrita é bem diferente. O livro inteiro é escrito em forma de emails e cartas. Meio que não existe um narrador. Sempre achei livros escritos dessa forma arriscados, mas autores como ela (e Rainbow Rowell etc) provaram que dá certo sim.
Há muitas diferenças quanto ao filme, a história tem muito mais detalhes; a cronologia e acontecimentos mudam em alguns pontos. Mas eu amei, me tocou. Chorei, ri alto, sorri, refleti. Achei o máximo mesmo, ainda que eu tenha ficado meio deprimida com minhas próprias reflexões advindas do livro.

Simplesmente Acontece fala de amor, de alma gêmea, de não desperdiçar tempo e a vida. Enfim, sei que se vocês lerem vão ter conclusões bem semelhantes às minhas.

Isso é tudo. Fica a dica. Leiam! Assitam! Me contem!
E Sam, lindo, te amo, é verdade, me casa. Beijo, tchau.

ps:



Olá, Ramigs.
Estamos em uma época em que tudo se resume a hashtag e eu, muito lesadinha sobre tudo de novo no mundo das internet, fiquei boiando em algumas hashtags que a galera vem usando ultimamente. Pensando nisso, fiz uma pesquisinha para me atualizar sobre as infinitas hashtags que  temos disponíveis. (eu não conhecia metade delas).

Pra começar, o que é Hashtag?

Hashtag consiste de uma palavra-chave antecedida pelo símbolo # (cerquilha), conhecido como "jogo da velha" ou "quadrado". 
o utilizadas para categorizar os conteúdos publicados nas redes sociais e criar uma interação do conteúdo com os outros integrantes da rede social, que estão ou são interessados no respectivo assunto publicado. 
A hashtag é transformada em um hiperlink, que também pode se indexado por motores de busca na internet, como o Google. 

O termo hashtag foi adicionado ao dicionário da língua inglesa Oxford em junho de 2014.


RAMIGS INFORMA:
o Instagram só permite inserir 30 hashtags via comentários em cada foto.

O que não fazer ao usar Hashtag?

#1 - Não coloque todo o conteúdo em uma hashtag.
#2 - Não use uma hashtag pra cada palavra.
#3 - Não use uma hashtag que não esteja de acordo com o tema do publicação. 
#4 - Confira a ortografia: um erro simples de ortografia (ou até mesmo de digitação) pode fazer com que a hashtag seja um fracasso, pois é muito pequena a chance de que várias pessoas cometam o mesmo erro no momento de criar a hashtag.

As Hashtags mais usadas do momento!

#bestoftheday: A melhor publicação (ou foto) feita no dia.
#tagsforlikes: A pessoa coloca várias hashtags para conseguir curtidas. Uma "estratégia" muito utilizada no Instagram.(Um saco).
#tbt ou #throwbackthursday: Em português, quer dizer “voltar no tempo”. Quinta é o dia para postar uma foto antiga. O motivo é relembrar um momento legal.
#pensive: O motivo da postagem é estar envolvido, engajado, ou refletindo em uma causa ou sobre uma reflexão séria.
#vscocam: Vscocam é um App para android/ios, é um editor de fotos
#regram: Repostar uma imagem já publicada no Instagram. (Queria muito saber o que era isso rsrs)
# igers: Para Instagrammers, é a tag dos amantes do Instagram. (#AmoSouIgers)
#instamood: A foto em questão deve refletir seu humor!
#lol: Rindo alto, para marcar algo tão engraçado.
#wcw ou #WomenCrushWednesday: Usuários compartilham imagens de mulheres que eles acham atraentes ou admiram.
#lifeforlike ou #l4l: Você curte a da pessoa, e ela curte as suas.
#followback ou #f4f: Quem usa segue de volta quem o seguir.
#follow: Seguir.
#nofilter: Quando a foto não tem nenhum tipo de filtro.
#tweegram: Um aplicativo popular na iPhone App Store para fazer imagens com texto dentro.
#instago: Indica que você vai a algum lugar.
#instagood: Eu me orgulho dessa foto que tirei.
#photooftheday ou #picoftheday: Foto do dia.
#instadaily: Para fotos ou imagens que revelem como é o dia a dia da pessoa.
#mcm: Meu Cara Mano, Meu Cara Maromba, Meu Cara Maneiro. (Ainda tô pra entender o que é isso)
#shoutout: shout=grito e out=fora. Seria como gritar para todo mundo que você está aqui. Um usuário com muitos seguidores vai dar um shoutout que é igual a mencionar alguém em um post no Facebook. Na descrição da foto digite @nome do usuário para dar um shoutout. (O povo inventa tudo, gosh)
#ootd: Significa Outfit Of The Day​, em inglês. "Look do Dia", em português. 
#diy: Do it Yourself! Você mesmo fez o objeto da foto você mesmo.
#foodporn: Para indicar comidas ridiculamente gostosas.
#justnow: Para indicar que essa foto foi feita na hora.
#selfiesunday: Para aquela selfie tirada no domingo.
#100happydays: A hashtag usada para compartilhar uma imagem celebrando a vida diária durante 100 dias seguidos.
#fundaysunday: Para publicar fotos da sua programação do domingo.
#transformationtuesday: Para postar fotos antes e depois de transformações. Pode ser uma foto de bebê ao lado de uma imagem recente, etc.
#repost: Uma foto que já foi postada anteriormente, mas você está repostando.
#yolo: You Only Live Once (Você só vive uma vez) É como se fosse uma filosofia de vida, especialmente, nos EUA, para mostrar que você está fazendo algo bem feliz.
#ramigs: Quando você quiser marcar a gente aqui do blog, pode ficar a vontade.. rs

É isso meus, ramigs. Até a próxima.
#Beijos



Todo ramigs que se preze, tem que curtir uma boa série e um bom filme. Então porque não juntar essas duas maravilhas em um único lugar?
Queria dar  um beijos aos produtores que idealizam e transformam os filmes em series <3 vocês são as melhores pessoas do mundo. Aqui em baixo tem um pequeno infográfico mostrando alguns filmes que acabaram virando serie de TV (um beijo pro netflix), e que com certeza você deve ver pelo menos uma delas porque são  MA-RA-VI-LHO-SAS!!!


É isso ai galera, espero que tenham curtido as dicas, e que vejam. 

Queria reservar esse pequeno final de post para avisar que devido alguns problemas técnicos, nossa ramiguinha Cynthia não teve post essa semana, mas na semana que vem ela já ta de volta. AGUARDEM!

BJUS :*


Todo mundo falando sobre. Ashton Kutcher e Danny Masterson, que já vimos em That '70s show, novamente juntos numa série do Netflix.
Quando eu soube que era uma comédia eu realmente não pensei que ia gostar. Eu sou muito, mas muito contra essas comédias americanas. (Principalmente bobagens nível American Pie)

O que faz uma comédia ser boa? Eu não sei te dizer, mas essa série SABE.
The Ranch começa com algo muito bom: Ashton Kutcher - digo, Colt Bennett, que é um projeto fracassado de jogador de futebol americano. Com uma carreira decadente ele acaba de voltar à cidade onde nasceu e decide ajudar a família no Rancho.
Os Bennett se mostram bem comuns; uma mãe centrada, um pai complicado, irmão meio ciumento, problemas conjugais, etc.
Mas por que diabos uma história tão banal faria uma comédia bacana? Pois, fez. 


The Ranch te
m o tipo de humor que eu amo/sou: sarcasmo, ironia, deboche. É hilário. Um humor inteligente, dosado. Meu Deus, sério, eu amei.
Como todos falam, achei uma revolução, um modelo melhorado de sitcom. As cenas refletem o cotidiano, os problemas de um rancho, problemas financeiros (a crise, meus ramigos!)... Isso tudo torna a série leve. Algo que nós poderíamos presenciar no dia a dia. 

E claro, além da comédia, a série traz uma profundidade nos personagens. Cenas meio tristes, sentimentos confusos, diálogos e DR's de tocar o coração mesmo. As relações familiares, as relações amorosas... tudo TÃO comuns. Enfim, eu dei altas gargalhadas. Achei inteligente, achei engraçado, achei genial. FICA A DICA! E a aprovação das pessoas foi tanto que já tem uma segunda temporada confirmada pro próximo ano. Amém, ramigos!

Ps.: Obrigada, PRODUTORES ETC, pela cena de bundinha do Ashton. Beijo, @aplusk, te amo!





AVISO: ESTE POST CONTEM MUITO RECALQUE


Dia dos namoradinhos está chegando meus queridos ramiguinhos, é muitos por ai (assim como eu também) estão solteiros e a procura. Então trouxe uma lista aqui de coisa que provavelmente você deve morrer de ódio ao ver em outros casais, mas adoraria que fosse com você e seu crush. 

Motivos para odiar casais felizes enquanto você está solteiro: 

  1. - Ter aquela pessoa especial te esperando depois de um longo dia de trabalho/estudo.
  2. - Porque no inverno é bom dormir de conchinha (só eu que odeio dormir de conchinha?).
  3. - Domingos sempre se tornam mais interessantes, pelo menos você vai ter com quem compartilhar o tédio.
  4. - Porque arroz com feijão todo dia não enjoa, se enjoasse não seria a preferencia de 90% da população.
  5. - Caso aconteça de um dos dois ficar bêbado, o outro vai te levar pra casa e cuidar de você, e não vai se aproveitar da situação. E ainda vão rir (ou não) no outro dia de toda essa situação.
  6. -Ser chamado(a) de lindo(a), mesmo com a cara toda amassada ao acordar.
  7. - Porque é bom ser gordo junto e comprar aquele monte de guloseimas sem se sentir arrependido dos quilos a mais porque não precisa conquistar ninguém porque já tem o seu <3.
  1. - Você acaba ganhando uma nova família (nem sempre esse é o caso).
  2. - Porque assistir aquele velho filme ou seriado acompanhado parece ser bem melhor.
  3. - Porque você começa a planejar um futuro não sozinho, mas sim com seu amor.
  4. - Porque você sempre tem alguém pra te acompanhar nos eventos chatos de família, tipo o aniversário daquele seu tio que você detesta.
  5. - Não ouvir aquela tia chata perguntando "e as(os) namoradinhas(os)?".
  6. - Quando eu descobrir eu conto pra vocês.
  7. - Porque num domingo chuvoso, enquanto os solteiros não tem o que fazer, os namorados estão debaixo das cobertas aproveitando cada segundo.
  8. - Saber quem é o pai do seu filho caso você engravide (há controvérsias).
  9. - Ter alguém pra espremer seus cravos e espinhas.
  10. - Porque sempre vai ter alguém pra carregar as sacolas mais pesadas (no meu caso, todas).



Então se você, assim como eu, ainda está solteiro e com bastante recalque porque não vai ganhar presente no dia dos namorados, não saia de casa no domingo pelo amor de deus. Nem liguem a TV e nem entrem nas redes sociais. Façam maratona de series e filmes, leiam, estudem, façam qualquer coisa. Ate mais e boa sorte na vida pra quem ta precisando de um empurrão com o crush.



Netflixzentos, é semana do dia dos namorados! Então, ramigs, entra no clima. Tendo bofe ou não, vamos todos nos beneficiar da vibe de amor.

Mais uma série lançada nesse ano pelo Netflix. Eis uma história de amor bem verdadeira. E aqui está nossos protagonistas: temos Gus, o nerd; Mickey, a alternativa descolada. Mais uma vez não é apenas isso. Não são personagens estilo "branco no preto". Como todo mundo, temos defeitos e qualidades. Gus, nerd, bobinho, bondoso, bom coração. Mickey, corajosa, enjoada (isso não é exatamente ruim, ok?), bonita, baixa auto-estima.

Os dois se conhecem por acaso e acabam criando um tipo de amizade. Essa relação deles às vezes se confunde, o que faz com que eles tenham momentos complicados, do tipo que te faz triste. </3 (Como ver o cara que você gosta sair com outra)
  
O maravilhindo dessa série é o quanto acho fiel a nossa geração. Não exatamente NOSSA mesmo. Mas uma geração de 30 e poucos anos que apesar de independente ainda sente necessidades juvenis e ambições exóticas. 
De um lado, Gus, o cara nerd rejeitado pela sociedade, com amigos que se reúnem para fazer músicas de filmes (isso é o novo jogar RPG da geração?), se dedica 100% pras pessoas e não é reconhecido por isso.
Do outro, Mickey, que dorme com caras que tratam ela como lixo, vai em festas do tipo que só tem gente vazia, é super descontrolada e divertida, usa roupas que eu usaria (oi? ahahaha Foco no figurino, sério), linda&poderosa mas que no fundo apenas busca um cara legal.

Acho que mais do que nunca eu tenho enxergado uma nova geração de 30 e poucos anos. A internet e tecnologia mudou muito nossas interações com as pessoas, com empregos, sonhos... a vida. E essa série me surpreendeu por isso. Apesar de sermos mais cools no fundo tudo que queremos é sermos amados, é encontrar alguém que goste de nós exatamente como somos. E sem muita enrolação, é isso que LOVE é: uma história autêntica, de personagens autênticos e realistas. 

Fica a dica pra vocês, então. São apenas 10 episódios, 30 minutos cada. Espero que vocês possam enxergar as complexidades de uma relação e, CLARO, se divertir com os diálogos, cenas e tudo mais dessa belezura. 

BEIGOS! 
Ps.: Amei demais a Mickey. Me identifiquei de muitas formas.


 

Olá, Ramigs.
Se vocês, assim como eu, passam por uma luta tremenda com o instagram, do tipo: inveja-monstra-de-feed-organizado-enquanto-o-meu-é-uma-bagunça, creio que você veio ao lugar certo.
Vamos juntos tentar mudar esse histórico horrendo de fotos sem sentidos no nosso feed.
Eu estava olhando alguns IGs e, obviamente, ficando com vergonha do meu, quando me deu aquela vontade de deixar de ser mais um Álbum de fotos e passar a ser uma vitrine onde as pessoas gostem de olhar. Com isso, fui pesquisar qual o mistério para se ter um instagram organizado e harmonioso. Trouxe para vocês algumas dicas e inspirações.

#RamigsDicas:


  • Escolha uma cor predominante

Isso pode te dar muito trabalho, mas também um feed muito lindo, escolha a cor que mais predomina na sua vida e tente montar todas as fotos com algum item com essa cor, mantenha essa regra para todas as fotos e em pouco tempo, aquelas fotos sem organização ficarão lá no fundo.
Se você quiser tudo clarinho, dê prioridade as fotos claras, sem contraste e com o branco e cores pasteis predominando.
Se você gosta do poder das cores fortes, foque em fotos com muito contraste e com pouca luz, mantenha essa linha por todo o feed e seja feliz para sempre.


  • Cuidado com os filtros
Essa deve ser uma dica bem complicada para quem tem um feed bagunçado, principalmente pela indecisão na hora de escolher o filtro de uma foto. A gente (bagunceiros) passa muito tempo zapiando todos os filtros até achar um que valorize a foto e acabamos esquecendo o instagram, como um todo. Tenha em mente o seu filtro favorito, foque nele, aprenda tudo sobre ele e pense em suas fotos imaginando como ele vai complementar a sua visão. Utilizar o mesmo filtro em todas as fotos dá a harmonia que a gente tanto quer, não cansa a vista das pessoas que visualizam o nosso feed e passa a sensação de limpeza e organização. Vamos tentar?


  • Formato de fotos

Decida o que vc quer da sua vida, uma foto quadrada, outra retangular, outra redonda, outra montada, outra de algum jeito louco. Pense numa coisa chata é olhar um feed com foto de tudo que é jeito. Eu, particularmente, tenho a sensação de estar olhando feed de propaganda e divulgação aleatória. Como se cada foto fosse postada por uma pessoa difetente. Credo. Pense exatamente como você vai querer suas fotos e siga essa linha.
Com borda, sem borda, quadrada ou retangular, tudo é válido, desde que você tenha a visão do todo. Se alguém tiver TOC, dificilmente será seu seguido, caso você tenha um feed de mil e um formatos.




  • Cuidado com o fundo e a composição

Se é pra divulgar para geral, vamos fazer direitinho. Pense bem no fundo que você pretende dar as suas fotos: Clean ou carregado, claro ou escuro, com muitos objetos ou com quase nada que desvie a atenção. Fique atento a isso, muitas vezes, aquele chinelo no fundo chama mais atenção do que a maquiagem que você passou horas fazendo para tirar aquela selfie bapho.


  • Cuidado com as Hastags Insuportáveis

Por favor, não caia na cilada de correr enlouquecidamente atrás de seguidores com as piores hastags do universo. Fuja das #sdv e #trocolikes da vida. Nada mais insuportável do que receber uma chuva de notificação de comentários vazios e irritantes. Isso só vai te levar a ser mais um bloqueado no instagram alheio.
Utilize apenas hastags que tenham a ver com a foto publicada, não tente induzir a outras pessoas a curtir sua foto só por conta da hastag, atraia seguidores que vão acompanhar suas fotos por apreciarem o seu trabalho e não só porque elas querem que você curta a foto dela também. 

  • Tenha uma Listinha de Postagem

Você já parou para pensar que muitos instagramers seguem a risca uma listinha que os ajudam a manter o feed bem organizadinho e sem repetição desnecessária de fotos. Eu jamais havia pensado nisso, daí eu fui ler um pouco sobre o assunto e me deparei com essa novidade (pra mim) e fiz questão de trazer para vocês. É o tipo de coisa para levar para vida. Apenas preciso ser aplicada o suficiente para não deixar o bichinho da foto feia me convencer a posta aquele décimo selfie. rs.

Inspirações

Olhem esses IGs que eu sigo e fico babando imensamente.

Como ter estrutura emocional para esse mini ser?
Eu tive que me conter para não curtir todas as fotos e vídeos, só para os seus donos não acharem que sou uma louca, stalker e psicopata.
Quem me conhece, sabe que eu amo gatos, então, seguir gatos no instagram é quase uma ordem. Olhe isso:
Reconheceram ele? Sim, ele é o gatinho da Bá do TudoOrna.
As legendas, vídeos, filtros, cores e cenários são bem pensados para manter o insta dele do jeitinho que deveria ser o nosso. Mudaremos nossa realidade, ramigs, não é possível que a gente não consiga. Enquanto a gente aguarda o dia de inspiração para mudar, vamos curtir esse baby lindo e ficar babando com suas fofuras.
Vou até mostrar essas fotos para os meus 3 gatos, quem sabe eles não se animam. rs (sonha)
Como uma ótima fã de Sandy e Junior, nada mais natural que continuar acompanhando os trabalhos da dupla, bem, não é mais uma dupla (lágrimas), mas o talento continua. O Junior, é um artista completo e encontrou na Fotografia uma paixão que veio da mãe, Noely. Com todo talento, criatividade, visão e um iphone, ele faz todas as fotos do seu IG. É cada tiro que você nem imagina.

As maiores inspirações do Junior são: Sua esposa, Mônica, e seus cachorros, que aliás, também têm instagram. As legendas são repletas de musicalidade, onde ele tenta unir duas artes, músical e fotografia. Vale muito a pena segui-lo e conhecer esse outro lado do Junior.
ÓBVIO, que não poderia faltar uma representação de Fortaleza, a Nath, natural de Fortaleza, hoje mora em Brasilia, e está arrasando no mundo blogueiro de lá. Uma super referência quando se fala de moda, ela simplesmente arrasa nos looks, na maquiagem e nesse cabelo BAPHO que ela faz questão de mudar sempre, causando um mini infarto em todos seus seguidores, porque ela fica marahhh de todo jeito. Uma it girl total.
A Nath é uma das poucas pessoas que eu conheço que fica bem em tudo, do tênis ao salto, a "prima" da Eva Mendes lacra a internet com seu insta repleto de fotos arrasadoras e para acabar com as estruturas de geral, ela ainda canta. #checkinnochão. 
P.S.:Esteja com a auto-estima em dia para visitar esse Insta. Sério!!

Por hoje é isso, pessoal. Vamos tentar nos inspirar em quem sabe o que faz para que a gente consiga eliminar a tragédia que nossos instagrans se transformaram com aquele monte de foto, sem sentido, sem sentimento e sem organização.
Espero que com essas dicas vocês consigam (e eu tbm) ter um feed fofinho, como esses que eu indiquei para vocês. Vamos tentar? O trabalho é árduo, heim? rs.

Até a próxima, Ramigs. Vou trazer outras coisinhas relacionadas a instagram, vocês querem? Eu fiquei de cara quando eu descobri. haha.

Bjinhos
XoXo.