A grande teoria da Pixar (easter eggs)

09:00

HEY RAMIGS! Hoje é sexta (~girando de felicidade~), e pra acompanhar esse dia abençoado que Deus nós deu, vou trazer aqui uma coisa bem misteriosa e interessante. Tem blogs científicos que falam somente sobre isso, e até hoje eu to sem entender nadica de nada. Vamos falar hoje sobre a teoria que envolve todos os filmes Disney/Pixar. Preparem as caras de chocados, porque é cada coisa que MEU DEUS!

O que é a teoria da Pixar?

A teoria da Pixar é sobre todos os filmes Pixar estarem ligados um ao outro, de certo modo, em uma gigante linha do tempo. Como é que eles fazem isso, eu não sei.

Começando pelo começo?

65 bilhões de anos A.C.
The Good Dinosaur (2014)



Tudo começa com o filme The Good Dinosaur, que fala sobre a possibilidade do asteróide não ter confrontado com a terra, e os dinossauros não terem sido extinguidos. Também fala sobre a coexistência de dinossauros e seres humanos, sobre um menino ser o “pet” do dinossauro e sobre eles quererem salvar seus mundos coletivos.

Século 14/15

Brave (Valente, 2012).

Esse filme explica porque os seres inanimados e animais se comportam como humanos. No filme, há uma magia, que para Merida, pode resolver todos seus problemas (são as pequenas luzes azuis).




Mas essa magia acaba transformando sua mãe em um urso, que no decorrer do filme age como um humano. Querendo sua mãe de volta, ela acaba procurando a bruxa, que na verdade é a Boo de Monstros SA (2001). Entenda mais para frente!
Os objetos da bruxinha também tem comportamento humano, como a vassoura de sua loja. Podemos notar também que toda vez que a bruxa passa por uma porta ela some misteriosamente.
Bom, os animais agora com uma inteligência maior, se reproduzem e geram mais e mais animais com inteligência elevada (que podemos notar em Up (2009), Procurando Nemo (2003) e Ratatouille (2007)).

1900 – 1950 D.C


Ratatouille (2007)
Em Ratatouille podemos notar a curiosa personificação de Remy, que ama os humanos, e tem alguns de nossos hábitos, como por exemplo cozinhar e lavar as mãos antes de comer. Sua colônia ainda se comporta como ratos “normais”. Ele inclusive constrói uma relação de afeto, amor, carinho e amizade com o Linguini.
Mas o Chef Skinner, vilão do filme, acaba descobrindo essa capacidade dos animais fazerem as mesmas coisas que os humanos, e até melhor. No final do filme ele acaba sumindo. O que será que ele fez com esse conhecimento?
Dias presentes – Anos desconhecidos
Up, Altas Aventuras (2007)
Charles Mutz, vilão do filme, cria coleiras capazes de fazer os cães falarem.
Séra que Skinner contou que os animais possuem uma inteligência inigualável e que são capazes de fazer coisas que nós humanos fazemos, como por exemplo cozinhar?

No início do filme, Carl é obrigado a sair de sua casa por uma empresa que está em gigantesca expansão pela cidade e pelo mundo, a BNL (Buy-n-Large), e que é a culpada pela poluição na terra, no filme Wall-e (2008).
No comercial “History of BNL” ficamos sabendo que a empresa toma conta do governo e consegue dominação mundial.

Dias presentes – Anos desconhecidos

Procurando Nemo (2003)
Dory não é tão inteligente assim por sua falta de memória, o que nos leva a crer que ela não teve uma evolução tão grande assim, e por isso é considerada estranha, no ponto de vista dos outros seres marinhos. O que nos faz ver que os animais estão evoluindo rapidamente, deixando alguns para trás nesse processo.
Talvez entenderemos mais sobre sua história na continuação do filme Procurando Nemo, que focará em Dory (Procurando Dory).
Voltando ao assunto, em Procurando Nemo, podemos notar uma “briga” entre humanos e animais, nos mostrando que nós humanos somos os vilões, assim como em alguns filmes citados anteriormente. Mas isso aqui é o mais longe que chegamos, porque agora a briga é entre os humanos e as máquinas.

Dias presentes – Anos desconhecidos

Os Incríveis (2004)
Qualquer um sabe que o vilão desse filme é o Gurincrível, Síndrome, Bochecha, tudo a mesma coisa!
Mas será mesmo que ele é o grande vilão? No filme, ele constrói máquinas matadoras de super heróis, que acabam com quase todos super-humanos.
Mas no final do filme as máquinas acabam se voltando contra o seu criador, o que nos leva a pensar que elas não estavam sendo controladas em momento algum, e sim que elas controlavam tudo, porque elas queriam acabar com todos super-humanos. Afinal, o que pode ser mais ameaçador a uma máquina do que um super-humano? Mas porque as máquinas querem se livrar dos humanos? Descobrimos a seguir.

Dias presentes – Anos desconhecidos


Toy Story 1 (1995), 2 (1999) e 3 (2010)
Os brinquedos, conscientes e vivos, são descartados como lixo pelos humanos sem saber o porque. Vemos isso com os brinquedos não satisfeitos com o Sid, no primeiro filme, com Jesse no segundo, e com Lotso no terceiro.
Os brinquedos e outros objetos estavam insatisfeitos com sua posição, e com os super-humanos fora disso, a humanidade estava vulnerável.
O plano maligno das máquinas começa com a dominação da empresa Buy-n-Large. Mas os brinquedos, assim como as máquinas, precisam de humanos para serem vivos, então com a poluição do mundo no filme de Wall-e, as máquinas salvam os humanos, levando eles através da nave do filme Wall-e para o espaço, e os animais perdem a guerra e acabam morrendo na terra.

2100 – 2200 D.C


Carros 1 (2006), 2 (2011)

As máquinas sobraram na terra! E porque não os carros? Afinal, eles não foram para os espaço com os humanos…
Os humanos são a fonte de energia das máquinas, mas com um mundo sem humanos, em Carros 2 é preciso criar um combustível, o Allinol, o combustível eco que acaba matando vários carros. (Allinol significa All-in-All (Buy-n-Large)).
Isso nos trás de volta ao Wall-e! Mas como Wall-e continuou funcionando? Wall-e era tão fascinado pela humanidade que era alimentado pelos filmes, músicas e comportamento dos humanos. Isso explica a vontade de Wall-e de querer salvar os humanos assim que descobre que a plantinha é a chave de tudo.
Ao fim de Wall-e, nos créditos, a plantinha da bota se transforma em uma árvore grande e linda, que nos lembra a árvore de Vida de Inseto (1998).
2998 – 3000 D.C
Vida de Inseto (1998)
Em Vida de Inseto não há muitos humanos, pois eles chegaram a pouco tempo do espaço e ainda estão povoando a terra, porém os insetos tem alguns dos comportamentos dos humanos, como por exemplo se vestir, ir ao circo, e também existem bares e cidades, e eles criam máquinas, como por exemplo a que o Flik criou. O que prova que Vida de Inseto é em um futuro distante.
Mas uma formiga não vive muito, e no filme há crianças e velhos que já vivenciaram outros verões onde houve ataques dos gafanhotos, o que prova a mutação genética deles, depois da poluição de Wall-e.

4500 – 5000 D.C

Monstros S.A (2001) e Universidade Monstros (2013)
A nova sociedade criada no mundo pós Wall-e, com humanos, animais e máquinas vivendo em harmonia, pode ter gerado uma nova espécie! Monstros.
Vemos que os monstros tem comportamentos humanos.
Mas não existe mais nenhum humano no mundo, eles são a nova espécie, eles são a evolução. Com o crescimento da sociedade dos monstros é preciso mais energia para manter tudo funcionando, mas há uma crise de energia pelo fato de não haver mais humanos, então eles criam portas que são portais para o passado para extrair energia dos gritos das crianças.
Sendo assim, esse é o último filme da linha do tempo da Pixar.
Mas ainda não acabou! A pequena Boo viu aquele mundo, viu que os monstros, “animais”, podiam falar com ela, e sabia que a chave para re-encontrar o gatinho (Sully) eram as portas!
Logo, a Boo se transforma na bruxa de valente. Ela descobriu como viajar no tempo, para procurar Sully, então ela vai até a fonte de tudo, os fogos azuis, e cria mais portas para viajar para frente e para trás no tempo.
Um carro do Pizza Planet de escultura de madeira e o desenho de Sully entalhado em uma madeira provam essa teoria.
O amor de Boo por Sully é o que amarra toda a história.
E essa é a teoria da Pixar.

FIM

Quase não acaba. E não acabou, essa é só uma das várias teorias que envolvem as dezenas de filmes da Disney/Pixar. Pode ser que eu faça mais outro resumão envolvendo outros filmes por aqui. Comenta ai qual a teoria que você conhece pra gente bater altos papos sobre o assunto.

You Might Also Like

2 comentários