Nesta segunda-feira (18), a Justiça Federal do Distrito Federal concedeu uma liminar que permite brechas para que psicólogos tratem a homossexualidade como doença, promovendo curas e tratamentos para o "paciente". Esse tipo de tratamento é proibido por meio de uma resolução editada pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) em 1999, porém, desde 1990 a homossexualidade deixou de ser considerada doença pela Organização Mundial da Saúde.

Na resolução, está acordado que os psicólogos “não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados”. Isso quer dizer que, segundo o documento, faz parte do código de ética dos profissionais não discriminar homossexuais nem sugerir tratamentos que “reverteriam” a sexualidade do paciente.

A gente tem que se controlar bastante quando vê esse tipo de coisa acontecendo. Tá na cara que isso foi pra tirar o foco da real situação em que o país se encontra. Fico imaginando os filhos da comunidade LGBT das pessoas que votaram a favor dessa liminar, deve ser difícil ter que conviver com pessoas que querem, e se esforçam muito para tentar estragar a vida dos que sempre lutaram pelos seus direitos. 

Tragedias naturais acontecendo, violência nas ruas aumentando, pessoas passando fome, crianças sem escola, escolas sem professores, famílias ficando sem emprego. Tudo isso deveria ser FOCO PRINCIPAL dessas pessoas que dizem"lutar" por um país melhor, mas não, eles preferem brincar de quem manda sou eu e ficam brincando na cara da sociedade. O mais incrível disso é ver essas mesmas pessoas que dizem ser nossos "líderes", envolvidas em casos de corrupção e outros processos judiciais, abrirem a boca para falar de justiça. Eles não devem ficar nem com peso na consciência de tão acostumados que estão. 

Só queria deixar bem claro que, a Psicologia procura descrever sensações, emoções, pensamentos, percepções e outros estados motivadores do comportamento humano. E não modificar e forçar pessoas a não serem elas mesmas.


AMOR GERA AMOR. HOMOFOBIA SÓ GERA DESRESPEITO.


Deixe um comentário