Hey ramiguinhos, segunda feira nossa ramigs Cynthia não postou como vocês podem ter percebido, por isso teve a primeira parte do post de hoje (clica aqui), que tá bem legal. 
Então, vamos continuar esse lacre aqui, porque se você achou que a primeira parte foi só destruição, essa segunda parte aqui meus caros ramigs, não tem nada de divertido, só filme pra morrer de chorar e pensar em quanto os GLBT's sofrem pra serem alguém na vida.

The Normal Heart 



Drama original HBO que narra a história do início da crise da AIDS em Nova York nos anos 80, com foco no esforço de vários ativistas gays e seus aliados na luta para expor a verdade sobre a epidemia para uma nação que está negando os fatos.
NOTA: Esse filme me fez acreditar no amor incondicional. Maior prova que essa não existe. Não tem nem o que falar sobre essa obra prima do cinema. 

White Frog



O filme apresenta a história de uma família obcecada com a ideia de parecer perfeita. O único problema aparente dos Young é o filho mais novo, Nick, que nasceu com Síndrome de Asperger, que faz com que a pessoa tenha dificuldades para se socializar. Quando Chaz, o filho mais velho, morre em um acidente, a família cai em pedaços e Nick então precisa juntar as peças para seguir em frente.
NOTA: Um filme emocionalmente tocante. 

Barcelona Noche De Verano 



A história começa quando Joan organiza um jantar e convida todos os amigos com a desculpa de ver o cometa. Entre eles está Judith, por quem Joan sempre esteve apaixonado, e o marido de Judith, Toni. Ao mesmo tempo, Guillem se apaixona pela primeira vez por Sara, que está convencida de que esta noite será o fim do mundo. Em outro ponto da cidade, Roser namora Ricard desde há um ano atrás, mas hoje, com a chegada do cometa, se reencontra com Albert, seu ex. Enquanto isso, Laura e Carles estão prestes a descobrir que serão pais. Ao mesmo tempo, Oriol e Adrian testarão sua amizade depois de conhecer a garota de seus sonhos, Chaterine. E finalmente, no Camp Nou, Marc e Jordi, dois jogadores do Barça, serão forçados a repensar em segredo suas relações afetivas.
NOTA: Essas historias são extremamente maravilhosas, e acredite, já vivi momentos parecidos com todas elas.

Tombboy



No filme da diretora Céline Sciamma (Lírios D’Água), Laure é uma menina de dez anos, que muda de casa constantemente, em decorrência do trabalho do pai.
Ao ir para uma nova residência ainda nas férias, ela faz amizade com uma grande turma de garotos da vizinhança, mas se apresenta como Mikael.
Isso faz com que ela se aproxime de Lisa, a única menina do grupo. Não demora até que Lisa caia em amores por Mikael, mas as férias estão para acabar e Laure não sabe como fará para manter seu segredo.
NOTA: Esse filme é muito fofo gente, sério mesmo, assistam, é meio tenso em algumas cenas, mas a lição que ele passa é totalmente apaixonante.

Dallas Buyers Club



O filme conta a história de Ron Woodroof, um eletricista heterossexual de Dallas que foi diagnosticado com AIDS em 1986, durante uma das épocas mais obscuras da doença. Embora os médicos tenham lhe dado apenas 30 dias de vida, Woodroof se recusou a aceitar o prognóstico e criou uma operação de tráfico de remédios alternativos, na época ilegais.
NOTA: Esse filme mostra que a persistência as vezes faz melhor que muita gente que desiste na metade do caminho.


Hawaii


Havaí é um filme sobre um homem abandonado que encontra um amigo de infância que o ajuda e os dois criam um vínculo que vai além da amizade.
NOTA: Tão lindo, tão natural, tão calmo...


In Thee Name Of



O padre Adam assume uma pequena paróquia no meio do nada. Ele organiza um centro comunitário para meninos com histórico familiar conturbado. Sua energia e disposição são apreciadas pelos moradores, que o aceitam como um dos seus. Mas ninguém sabe que ele esconde seu próprio segredo. Depois de conhecer um jovem introvertido e incomum, que não se relaciona com a comunidade, o padre Adam é obrigado a enfrentar uma questão pessoal há muito tempo esquecida. Como as piores suspeitas dos moradores se confirmam, Adam passa a ser visto pelos outros como um inimigo.
NOTA: Sobre quem não gostou do filme: só lamento!

Bonus: Azul a cor mais quente 



Adèle (Adèle Exarchopoulos) é uma estudante do colegial, que começa a se relacionar com o jovem Thomas, mas não se sente completa ao lado dele. Ela então descobre, no azul dos cabelos de Emma (Léa Seydoux), sua primeira paixão por outra mulher.
NOTA: Experimente assistir apaixonado...

Então, é isso ai galera. Espero que os filmes que não viram, vejam. E lembrando que essa lista foi feita baseada no MEU GOSTO, então pode acontecer de você não curtir um filme como eu amei todos. Mas não custa nada assistir. Como nossa ramiguinha Alana me disse uma vez, VAMOS FAZER MARATONA! \o/ 

PS: aqui tem uma lista com todos os filmes GLBT que eu já assisti na vida, então se quiser mais opções de filmes alem das 14 que listei é só >clicar aqui<.


Um Comentário

  1. Passada.. unico filme que eu assisti dessa lista foi o Azul é a cor mais forte.
    vou tentar assistir os outros.

    ResponderExcluir